O que devo saber ao contratar um novo Plano de Saúde?

Escolher um plano de saúde não é fácil, mesmo que você já tenha um plano de saúde e esteja avaliando uma troca, seja para economizar com as mensalidades ou em busca de uma qualidade de atendimento melhor.

Contratos de Plano de Saúde são regulamentados pela ANS, ou seja, a maioria das condições, como cobertura e reajuste de preços está prevista na lei 9.656 e nas demais Resoluções da Agência Nacional de Saúde.

Tipos de Contratação

Se você é empresário ou micro-empreendedor individual, pode contratar um Plano para Pequenas e Médias Empresas – PME, Amil, Intermédica GNDI, Bradesco Saúde, Sulamérica Saúde tem boas opções. Se não for empresário mas estiver vinculado a alguma associação profissional ou sindicato pode buscar um Plano Coletivo por Adesão, a Qualicorp é a maior administradora de Planos por Adesão no Brasil, e se você não se enquadra em nenhuma das situações anteriores, pode contratar um Plano de Saúde Individual ou Familiar, a Trasmontano, Ameplan, BioVida e Prevent Senior, são boas opções.

Cote Agora Plano de Saúde

Preço

Os planos para Pequenas e Médias Empresas são os mais em conta. Um mesmo produto, da mesma operadora com rede de atendimento e reembolso iguais pode custar até 20% mais barato se a contratação for empresarial, ou seja, se for um plano PME. Todas as operadoras em atividade oferecem planos nessa modalidade, portanto há várias opções de preços com Redes de Atendimento variadas. Os planos Coletivos por Adesão são mais caros que os planos PME, mas são mais baratos, em geral, que os planos Individuais e Familiares.

Reajustes

Esse é, sem dúvida, um aspecto fundamental na contratação do Plano de Saúde. Os reajustes podem ocorrer até 2 vezes por ano: O reajuste anual, calculado com base na inflação e/ou na utilização do plano e o reajuste por faixa etária. Há dez faixas etárias previstas na lei, o importante é saber que ao completar 19, 24, 29, 34, 39, 44, 49, 54 e 59 anos de idade seu Plano de Saúde sofrerá o “reajuste por faixa etária”, exceto se você tiver um plano empresarial que é cobrado por pessoa, mas que normalmente está disponível para empresas com 100 beneficiários ou mais.

Outro reajuste possível é o anual, calculado com base na inflação e na utilização do plano. E aí vem a dica importante: os Planos Individuais e Familiares tem os reajustes anuais regulados pela ANS e os reajustes tem sido menores que os reajustes aplicados nos Planos de Saúde PME e Coletivos por Adesão. Estes últimos são reajustados com base na utilização, ou seja, se houver uma grande procura por consultas, exames e internações, o reajuste tende a ser maior. Neste casos não há reajuste individual, ou seja, se você tem plano PME ou Coletivo por Adesão, o mesmo reajuste aplicado a você será aplicado a todos os outros contratos PME ou Coletivos por Adesão da Operadora.

Coberturas

Quanto a este item não há muito o que acrescentar, estão cobertos todos os tratamentos e exames que constarem no Rol de Procedimentos da ANS.

Carências

Aqui é preciso ficar atento!!! Se você estiver contratando um Plano de Saúde pela primeira vez, ou se cancelou seu plano anterior a mais de 30 dias, normalmente será exigido pela nova operadora o cumprimento de carências, que nada mais é que um período em que determinadas coberturas não estarão disponíveis. Mas se você está trocando de plano de saúde é importante saber que as carências cumpridas no seu antigo contrato deverão ser aproveitadas em seu novo Plano de Saúde, desde que o novo plano seja contratado em até 30 dias após o cancelamento do contrato anterior.

Bem, não é mesmo fácil avaliar tudo, então nossa última dica é: conte com ajuda de um consultor especializado.

Cote Agora Plano de Saúde

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *