ANS define reajuste para os Planos de Saúde individuais

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) fixou em 10% o limite máximo para o reajuste dos Planos de Saúde Individuais e Familiares. O reajuste aprovado pela diretoria da ANS ainda depende do parecer da Secretaria de Promoção da Competitividade do Ministério da Fazenda e deverá ser anunciada na próxima semana.

Conheça outros Planos de Saúde aqui.

A proposta elaborada pela diretoria Normas e Habilitação de Produtos, apresentada ao colegiado era de um reajuste máximo de 13,3%. O calculo foi baseado na mediana dos pleitos apresentados pelas operadoras, mas outros três diretores da agência optaram pela metodologia chamada de moda, que assume o percentual mais comum entre os pleitos apresentados.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *